Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia

ESTA CONTA PRECISA MUDAR! LUCROS ALTOS X SALRIOS BAIXOS

Publicado em: 06/04/18

Apesar do discurso da crise econmica as vendas no setor de revenda de combustveis se mantiveram, por mais um ano, em um patamar favorvel
e bastante lucrativo para os patres.

Mesmo a inflao sendo declarada oficialmente baixa, os preos continuam
bem altos, assim como o lucro dos patres proprietrios de postos de
combustveis.

No entanto, o nosso salrio continua baixo para compras em todos os setores da economia, assim como para manter e alimentar dignamente nossas famlias.

Todo ano, na nossa data-base no ms de maio, temos a oportunidade de
reivindicar e negociar nossos direitos sociais e o aumento dos salrios. A hora de mudar esta conta agora com luta e muita mobilizao diante de um cenrio de ataques aos nosso direitos trabalhistas.

SETOR VAI BEM, PREOS EM ALTA E POSTOS LUCRANDO MAIS
Apesar dos preos altos para os consumidores, na Bahia as vendas totais de combustveis cresceram 2,2% em 2017. Todos os tipos de combustveis ficaram em mdia mais caros em relao ao ms anterior e a fevereiro de 2017.

Segundo relatrio do Departamento Intersindical de Estatstica e Estudos
Socioeconmicos DIEESE at fevereiro de 2018 o litro de gasolina ficou em mdia 6,79% mais caro na Bahia em relao a dezembro de 2017, segundo a Agncia Nacional do Petrleo, Gs Natural e Biocombustveis ANP.

Basta comparar no grfico os valores da distribuidora, dos revendedores e o lucro por litro em todos os combustveis; os dados revelam que o lucro do setor revendedor foi muito bem garantido. Sem falar que no ambiente dos postos os patres no lucram s com os combustveis, ganham ainda com os alugueis de diversas lojas, de convenincias e lava jatos.


T NA HORA DE REAGIR,RESISTIR E LUTAR!
Para manter ainda mais os lucros alguns patres continuam fraudando nossos direitos trabalhistas, reduzindo o nmero de funcionrios, praticando aes antissindicais coagindo os trabalhadores e trabalhadoras a se desfilarem do Sindicato, atrasando salrios e ajuda alimentao, praticando acmulo e
desvios de funes, exigindo que um mesmo trabalhador seja gerente e caixa, que o frentista faa servios gerais.

Enfim, precisamos estar unidos e mobilizados para virar este jogo e no perdermos os direitos que j conquistamos, como a periculosidade dos gerentes, do pessoal de escritrio e das lojas de convenincias; para garantirmos um reajuste salarial digno e ampliarmos nossos direitos.

Para que exista uma boa Campanha Salarial e sejamos vitoriosos, necessria uma ampla participao dos trabalhadores e trabalhadoras nas assembleias e mobilizaes convocadas pelo Sinposba.

CONHEA OS DESTAQUES DA NOSSA PAUTA

1| CORREO SALARIAL: 7,16% = INPC: 2,16% + GANHO REAL: 2,5% + PRODUTIVIDADE: 2, 5% = 7,16%

2| AJUDA ALIMENTAO: R$ 15,76 por dia

3| ADICIONAL NOTURNO: 50% do valor da hora normal trabalhada

4| FERIADO: 150%

5| DOMINGOS: todos a 100%

6| PARTICIPAO NOS LUCROS: 1 (um) piso salarial da funo exercida

7| DIA DA CATEGORIA 21 DE JANEIRO: Feriado a 150%

8| ASSISTNCIA SADE- Mantemos nossa reivindicao sobre a assistncia sade. Ajuizamos ao na
Justia, uma primeira audincia aconteceu e agora aguardamos a sentena do juiz.


Fonte: JORNAL DO SINPOSBA 131



Compartilhe ->

Comentrios

[ Faa seu comentrio ]   [ Envie Para um amigo ]

todos os campos so obrigatrios

todos os campos so obrigatrios

Filiado a:

FENEPOSPETRO

Av. Sete de Setembro n° 941, Conjunto 101 - Centro/Mercês
CEP: 40060 - 000, Salvador-BA

© Copyright 2009 - SINPOSBA