Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia

TEMER ENVIA AO CONGRESSO O PRIMEIRO CORTE NA HISTRIA DO BOLSA FAMLIA

Publicado em: 07/11/17

O governo de Michel Temer (PMDB) continua dando sequncia ao desmonte de todo o tecido de proteo social construdo pelos governos Lula e Dilma. No novo projeto do Oramento para 2018, enviado semana passada ao Congresso Nacional, Temer prope reduzir os recursos a serem destinados ao programa Bolsa Famlia.

Se a proposta for aprovada na Casa, ser a primeira queda nominal da histria do programa. Na srie com nmeros corrigidos pela inflao, o valor representaria a maior baixa real desde que o benefcio foi criado, em 2003, informa matria do Valor Econmico.

O governo prope destinar R$ 28,7 bilhes ao programa em 2018, o que representa uma queda de 3,7% em relao a 2017. No Oramento deste ano, haviam sido reservados R$ 29,2 bilhes. "Os valores incluem despesas totais, como aquelas com identificao dos beneficiados e com disseminao de informaes acerca do projeto", diz a matria do Valor.

Trata-se de uma reducao de meio bilho de reais - menos do que Temer liberou em emendas parlamentares para conseguir barrar a segunda denncia enviada pela Procuradoria Geral da Repblica ao Supremo Tribunal Federal, por formao de quadrilha e obstruo de Justia.

O ltimo reajuste nos valores recebidos pelos beneficirios do programa de transferncia de renda foi feito em 2016, quando houve aumento de 12,5%, o que no ocorria havia dois anos. Atualmente, o valor mdio concedido de R$ 179,37 por famlia. O programa voltado para famlias extremamente pobres (renda per capita mensal de at R$ 85) e pobres (renda per capita mensal entre R$ 85 e R$ 170).

Na semana passada, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, disse que tm sido retiradas famlias que no necessitam do benefcio. "Ganhavam mais do que declaravam. Havia sempre um milho de famlias esperando para entrar, mas no conseguiam porque tinha gente que estava l ganhando e no deveria", afirmou o ministro durante audincia no Congresso.

De acordo com o GGN, procurado, o Ministrio do Desenvolvimento Social no explicou o motivo do corte. Apenas ressaltou que o oramento ainda uma proposta que passa pelo crivo do Congresso e pode sofrer eventuais alteraes.

Fonte: Fonte: Brasil 247 e GGN



Compartilhe ->

Comentrios

[ Faa seu comentrio ]   [ Envie Para um amigo ]

todos os campos so obrigatrios

todos os campos so obrigatrios

Filiado a:

FENEPOSPETRO

Av. Sete de Setembro n° 941, Conjunto 101 - Centro/Mercês
CEP: 40060 - 000, Salvador-BA

© Copyright 2009 - SINPOSBA